Resenha "Crónicas do Céu"

1/19/2017 12:57:00 PM

Título: "Crónicas do Céu"


Autor: João César das Neves


Editora: Principia

Género: Religião e Literatura

Páginas: 160

Ano de edição: 2002

Classificação: 4/5 estrelas

História

Este livro é constituído por seis maravilhosos capítulos que, no conjunto total das crónicas de cada um,  nos traram vários assuntos da atualidade, tais como a felicidade, a esperança, a necessidade do respeito nos nossos dias, o contraste entre o parecer e o verdadeiro ser...
O livro começa com a "Abertura" onde o autor nos diz que este mundo onde vivemos é um pedaço de céu, mas um pedaço que está "poluído", corrompido pela maldade, ganância, luxúria, e tantos outros pecados...Utilizando várias passagens da Bíblia em relação ao livro do Apocalipse, ele explica que Deus por diversas vezes tentou reconquistar este pedaço de Céu,
enviando alguns do seus filhos, como Jesus. Aponta que temos que ser nós a ajuda-lo a reconquistar o território e para isso acontecer, vai-nos deixar várias crónicas agrupadas em capítulos que nos irão ajudar a refletir.
Começo então por apresentar-vos um pouco do conteúdo de cada capítulo, explorando as crónicas de cada um:

Capítulo I- A Resistência
Crónicas- "Pedido de ajuda"; "Felicidade"; "Posso dizer que não?"
O autor refere que o sentimento mais cristão é a alegria! Que não basta ser boa e cumpridor tal como os fariseus, que tanto foram censurados por Deus por serem assim. Afirma que na atualidade, a nossa felicidade está dependente de diversos bens materiais, que nos turvam a visão e não nos deixam ser verdadeiramente felizes, ou seja, que nos dão a ilusão de que só seremos felizes se os possuirmos. Dá-nos o exemplo de várias empregadas domésticas em Hong Kong que trabalham noite e dia, tendo apenas um dia de descanso, mas que são muito felizes! As pessoas há séculos atrás, não possuíam muitas das coisas que hoje existem, e eram felizes à mesma! Expõe-nos ainda uma situação em que estamos parados num semáforo e vêm um mendigo pedir-nos uma moeda. Qual seria a nossa reação? Iríamos ajudar sabendo que ele podia gastar o dinheiro ou em vinho ou em drogas? Sabendo que nos custou a ganhar e que já havia instituições que poderiam cuidar deles?

Capítulo II- Território usurpado
Crónicas- "O trigo e o joio"; "A segunda Páscoa"; "A ilha da Páscoa"
A parábola do trigo e do joio é-nos contada e serve para o autor exemplificar os preconceitos atuais. Em que neste mundo se irão levantar falsos Cristos e falsos profetas. Em que os fracos, os que já estão habituados ao joio, caiem no pecado; os ignorantes optam pelo joio; os que dizem que o trigo é mau pecam pela malícia. Escreve-se que o Homem de hoje não tem esperança, e que a falta dessa esperança leva a diversos confrontos e dependências. Através de uma pequena discussão sobre a "Ilha da Páscoa" entre duas pessoas vamos poder observar a falta da fé e do crer em Deus, ou seja, que tudo o que acontece, é obra natural e não divina! 

Capítulo III- Desembarque
Crónicas- "Junto ao poço"; "Vidimus Dominum"; "O presente mal embrulhado"
O autor aborda a questão da nossa existência, da nossa finalidade. Critica todos aqueles que dizem que Deus não existe, pois não há certezas disso. Diz que a vida do dia a dia é feita de fé e apostas tais como na compra de um carro, etc, e que na vida religiosa se tem que ter a mesma fé e tem que se apostar. Dá graças a Cristo (um homem como nós) e à sua ressurreição, que vieram pôr fim a muitas guerras e conflitos, derrubando o exército romano e outras. Por fim conta-nos uma pequena história de um jovem que embrulhava os presentes em papel de jornal, pois, tal como Jesus (um grande presente) viera em palha e panos pobres (pobre embrulho), assim também deveriam ser entregues as prendas. Não seria igual a muitíssimas lojas que nos mostram um grande embrulho, mas lá dentro encontra-se um presente muito pobre

Capítulo IV- Reconquista
Crónicas- "O mandamento de Pedro"; "E se a gente mudasse de assunto?"; "Mudar de assunto"
Este capítulo fala-nos de Pedro, um seguidor de Jesus, um pescador que espalhou o seu mandamento da esperança, mandamento este que tinha como objectivo deixar as pessoas com uma atitude, uma atitude de evangelizar e espalhar o evangelho. Deus evangeliza mandado alguns do seus filhos, filhos este que habitualmente são pobre e pequenos, tais como Moisés e Abraão. Passa a mensagem de que devemos em comunidade (tal como Jesus o fez, com os seus discípulos) passar o testemunho de Cristo, neste nosso mundo atual com os valores tão trocados. Saberemos que conseguimos esta evangelização quando sentir-mos que já não vivemos em Cristo, mas Cristo que vive em nós!

Capítulo V- Reconstrução
Cronicas- "O espanto, acto de Fé"; "A alegria, acto de Caridade"; "A Esperança"
Aborda-se o tema da morte de Jesus na cruz. Uma morte sofrida por parte Dele, mas que devemos encarar com alegria pois Ele deu a vida por nós! Salvou-nos! Esta história de Cristo é única e em mais nenhuma religião se encontra tão grande sacrifício com este. Devemos encarar este sacrifício como forma de penitência da nossa parte, ou seja, "limpar-mos a nossa garrafa", arrepender-mos de todo o mal e depois enche-la de boas obras. Tal como acompanhamos os nosso entes queridos quando sofrem (tal como num parto), devemos acompanhar Jesus e levar a caridade e a alegria a todos aqueles que precisarem! Só assim, com esperança, sem termos o tempo em consideração, ou sem perseguir-mos o nosso sonho mais profundo, poderemos encontrar o tesouro! Deus!

Capítulo VI- Território Libertado
Crónicas- "A Rainha da esperança"; "Justiça e misericórdia"; "O Sopro"
A maior parte de nós já deve conhecer a história de Maria mãe de Jesus, que certo dia, recebe a visita do anjo Gabriel, que lhe diz que havia de receber o Filho do Altíssimo, e sua prima Isabel, uma senhora incapaz de ter filhos, teria também um filho como prova do verdadeiro milagre. O capítulo vai abordar todas esta história e vai-nos passar a mensagem de que Maria é a Rainha da Esperança e que a ela devemos tudo!
A ela podemos chamar Rainha da Esperança, Rainha da Misericórida... Foi ela quem concebeu o nosso Deus pai em carne humana! Devemos tomar em conta o seu mandamento de "amar o seu filho, Jesus, acima de tudo". Ainda é referido um jovem que passou para o outro lado e que se encontra no tribunal do céu para ser julgado, onde encontra o seu pior inimigo, que destruiu e muito a sua vida desde que se conheceram. Apenas com o perdão do jovem, este mostraria ter a misericórdia necessária para entrar no Reino do Céu.


Opinião

Adorei o livro! Aborda temas nos quais eu tinha muitas dúvidas e sem dúvida que fiquei a conhecer muito mais coisas, especificamente passagens interessantes da bíblia, pois o livro está cheio delas. Tem exemplos muito concretos e reais como o do mendigo! Recomendo a leitura do mesmo a qualquer leitor que se interesse por cultura e que tenha como objetivo, melhorar-se a si e passada esta fase, melhorar o mundo! 
Não tem que ver cem porcento com religião, mas com princípios! Vários temas do livro como a felicidade, a atitude, a esperança e a fé, enquadram-se nas nossas vidas! Comprem o livro e desfrutem de todas as suas crónicas e reflexões inspiradoras!








You Might Also Like

26 comentários

  1. Oi!
    Não é bem o meu estilo de livro. Mas achei legal o jeito como você escreveu a resenha, mais detalhadamente e analisando com cuidado a estória.


    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi! Não costumo ler livros sobre religião, e definitivamente não é muito o meu estilo de livro, mas o modo como ele foi descrito parece explicar muito sobre questões de fé e esperança.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia o livro, mas curto muito ler crônicas, ainda mais por ser uma leitura rápida e interessante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Paraticularmente não gosto de ler livros sobre religião, mas sua resenha me despertou o interesse em ler esse. Paarbéns, ficou muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Oi João, tudo bem? :)

    Não conhecia o livro, mas confesso que fiquei curiosa! O autor parece ter conseguido trazer os ensinamentos bíblicos e princípios de uma forma que envolverá o leitor.
    Confesso que, de todas as crônicas, a que mais me chamou a atenção foi a do capítulo 3 *-*

    Com certeza fiquei curiosa e vou procurar saber mais sobre o livro! :)

    Abraços! ;)
    ❤ Letras Eternas

    ResponderExcluir
  6. Com esta resenha devo dizer que fiquei curiosa!
    Embora seja um livro que se baseia muito na religião, penso que cada um de nós, sejamos muito, pouco ou nada religiosos, conseguiremos tirar bastante proveito de um livro que parece passar boas energias e dar alguma espécie de lição!

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
  7. Joao, suas resenhas são sempre muito bem embasadas e digo que, para um ficcionista desavergonhado, sempre é bom ler textos assim de vez em quando. Substancia e enriquece a minha ficção.

    Parabéns pela milésima vez, rs.

    Por final, uma pergunta: que é o Grupo dos Jovens de Massamá? Li em teu perfil. Um grupo religioso? Certamente nos veremos pela web de novo e me explicará. Fiquei curioso.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rob! antes de mais obrigado! O grupo de jovens é um grupo onde se reúnem jovens todas as semanas e debatemos vários temas e fazemos várias atividades de modo a refletir-mos nas nossas atitudes diária, a estarmos prontos a ajudar o próximo e muito mais! É um grupo que nos pões à prova como pessoas! Este grupo situa-se em Massamá, Sintra em Portugal! Daí o nome ;)

      Excluir
  8. Que bacana, adorei a dica, estou mesmo procurando mais livro de temas cristãos pra ler. O livro me pareceu muito bom! Parabéns pela resenha!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi João, tudo bem?

    Ultimamente tenho lido bastante livros que tratam desse tema, mas não lembro de ler lido algum cristão. Confesso que fico receosa do livro centrar tanto em "você tem que fazer isso" e perder sua essência. Cada capítulo parece trazer algo novo e senti como se fosse um diálogo direto com o leitor, então fiquei bem interessada. Irei procurar para conhecer melhor!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Realmente, as pessoas vêem nos bens materiais e felicidade palpável quando, na verdade, ela se encontra nas pequenas coisas. O pior é que é difícil nos desfazermos das coisas que possuímos, né?
    Não é o tipo de livro que eu leio ou gosto de ler, (apesar de eu sentir curiosidade de conhecer as diversas religiões existentes), não me chamou a atenção :/
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  11. Amo temas assim, sou evangelica e queria uma bela dica de leitura nesse tema, obrigado por oferecer essa dica mais que legal, vou tentar comprar ele com certeza. Belo post e resenha, bjos!

    ResponderExcluir
  12. Olá, os temas que o livro aborda são bem interessantes. É muito bom poder ler esse tipo de livro.
    Gostei muito.
    beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  13. Muito bom quando encontramos um livro que aborda esses temas, pois são assuntos que muitas vezes temos dúvidas, são ótimos esses livros cristãos, a leitura ajuda muito, João abraços.

    ResponderExcluir
  14. Amo crônicas. Gostei dos temas que você explicou. Gostaria de lê-lo!

    ResponderExcluir
  15. Abordagem deste livro é fascinante, ainda mais falando do evangelho em uma maneira realista que conduz à verdade que eu amei Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Oi João tudo bom? Bem como eu ja havia falado em posts anteriores esses tipo de livro não é exatamente o meu tipo de leitura favorita, para ser sincera eu só livro nesse estilo aos 10 anos quando estava fazendo primeira comunhão, mas vendo o que você escreveu sobre ele me pareceu muito interessante, e como minha mãe gosta de livros desse estilo vou comprar para dar de presente de aniversario para ela, parabens pelo post ficou realmente muito bom

    ResponderExcluir
  17. Oiii
    Este parece ser um ótimo tipo de livro para presentear meus amigos religiosos. Gosto muito de dar livros como presente, mas nem sempre conseguimos acertar o gosto das pessoas. hihi
    Vou marcar o nome para um futuro presente. =)

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. OI! Aborda temas interessantes embora não concordo em alguns pontos abordados, ele me pareceu voltado ao catolicismo, não me conquistou. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Que lindo <3 Esse livro parece ser tão especial, sei lá, ele me passou um sentimento bom, fiquei louca para ler, acho q ele me lembra um pouco a minha infância
    Bjinhos e byebye

    ResponderExcluir
  20. Olá, não conhecia a obra e gostei bastante da dica e da resenha, parece ser uma ótima leitura.

    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Muito interessante esse livro. Como é bom a gente ler coisas que nos fazem refletir sobre nossas atitudes. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  22. Oi
    Olha, não sou cristã e o máximo que leio é do Leonardo Boff, somente. Infelizmente, para além do autor, não consigo desvincular da institucionalização da religião.

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem por aí?

    Apesar de eu ser cristão, não costumo ler livros sobre religião. Esse parece ser bem interessante, quem sabe eu dê uma chance a ele após a sua resenha.

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  24. Não. Sou de ler cronicas na verdade nunca li rsrs .

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo teu comentário!

Post mais visto

Total de visualizações de página

Blog Parceiro